Feliz por vocação

A minha cabeça está um caos. Parece que em uma semana me tiraram o chão, as paredes e tive a impressão que ia perder o teto também. É isso que acontece comigo e com todo mundo quando você toma aquela lambada inesperada da vida. Ou pior, quando essa lambada estava bem na sua cara, mais […]

Leia mais

Calma, que sempre pode piorar.

Tem história que é tão inacreditável que tem que ser contada mais vezes. E é mais engraçado quando você percebe que por mais inacreditável que ela seja, poderia ter acontecido comigo, com você, com a sua melhor amiga. E é por isso que eu vou falar aqui da notícia bizarra da semana, da coitada da […]

Leia mais

Prazer, pode me chamar de Tieta.

Atenção, atenção! Eis o começo de uma nova era! Aqui vai o primeiro texto colaborativo do Pode isso, produção? Porque quando o assunto é bom, todo mundo quer participar! E a gente goixxxta, miagente! Então desde já o meu muito obrigada a Rebeca, minha amiga da pá virada que lançou o assunto na roda, e […]

Leia mais

Eu queria ser o banquinho da bicicleta.

E a história de hoje me lembra essa música clássica dos Raimundos… Estamos no início dos anos 2000, quando eu tinha lá meus vinte anos e tudo o que me interessava era a faculdade, os gatinhos da faculdade, a academia, e os gatinhos da academia. Para, eu não era fútil assim, foi só pra valorizar […]

Leia mais