Para quem gosta da coisa…

Falando de sexo com… quem você quiser!

Quem é da época do programa “Falando de sexo com Sue Johanson”? Aquela velhinha canadense simpática, que parecia a Palmirinha, mas que ao invés de ensinar uma receita de torta, ela te ensinava a colocar a camisinha no parceiro; e que ao invés de colocar tempero na comida, ela te mostrava como colocar tempero na relação…  Lembram? Por mais bizarro que fosse uma mulher que poderia ser sua vó, ensinando didaticamente truques sexuais, a querida Sue era sensacional. E quebrou toda e qualquer barreira: da idade, da mulher falar sobre sexo, de falar sobre o assunto com naturalidade na TV.

Gobble gobble gobble. - Imgur (1)

E Dercy? Dercy Gonçalves era a coisa mais pervertidamente deliciosa que existiu. Uma pessoa que apertou o botão do “foda-se” com uma categoria que fez o Brasil inteiro cair de amor por ela. Sexo, palavrão, maquiagem carregada… autenticidade pura.

dercy

Tabu? É coisa de gente mal-resolvida! Padrões? Para que eles existem mesmo? Aaaah para serem quebrados…

Duas velhinhas autênticas e inspiradoras. E eu quero ser como elas… quero estar lá com meu peito no chão, com minha pele de maracujá maduro e com incontinência urinária e não ter pudor nenhum e ainda “gostar da coisa”….

Aaah esse “gostar da coisa” é uma “coisa” que me irrita. Uma vez eu ouvi de um namorado que eu não deveria falar de sexo tão naturalmente com outros homens porque isso instiga a imaginação e eles captam a mensagem de que eu “gosto da coisa”. Coisa? É uma coisa gostosa mesmo, não? Eu goisxxxto muito sim. E quem é louco de não gostar??? Um monte de gente. E quer saber? Tudo bem. Assim como eu não gosto de peixe. E tudo bem. Assim como tem gente que não gosta de criança. E tudo bem, também. Mas se você efetivamente gosta da coisa, tudo bem, tudo maravilhoso, tudo ótimo.

O fato é que os namorados ciumentos que existem por aí acham que se você passa a mensagem que sexo é tão natural como comer e dormir e, “pior ainda”, que você gosta (nossa, que horror, hein?), os outros homens vão ficar loucos de desejo por você. Vão querer você. Entre todas as outras opções de mulheres maravilhosas, eles vão escolher você! Genteeee, se fosse assim estaria fácil, não é mesmo?  Não sobraria uma mulher carente nesse mundo! Todas teriam pelo menos um pau amigo pra chamar de seu.

E outro pensamento desses caras inseguros é que esses homens vão achar que você é fácil. Coitado deles, mal sabem que o fato de ser fácil ou difícil é completamente proporcional ao desejo que você tem por eles…  Eu sei que esse tipo de verdade dói, mas é possível entender isso, meninos?

Ela te quer?

Vai dificultar para quê? Para ser infeliz? Para perder tempo? Para provar alguma coisa para alguém? – Não, ela vai facilitar.

Ela não te quer?

Meu amor, ela pode falar as coisas mais sujas e gostar muuuito da coisa, mas ela vai ser difícil. Até impossível. Porque ela não te quer. Simples assim. Sacou?

Agora, sabe quem também se choca quando você fala de sexo naturalmente também??? Mulheres. Algumas mulheres, daquelas que ainda te julgam as outras. Pois é, algumas também não entendem, o que é normal. Nem sempre você entende aquilo que é diferente de você. Mas julgar, apontar o dedo… tsc, tsc, tsc… coisa mais feia!

Portanto… namorados inseguros, mulheres recalcadas recatadas, homens que classificam mulheres (pra casar, pra namorar, fácil, difícil, que gosta, que não gosta…) Abram sua mente! Seus olhos! Seus ouvidos! E o que mais vocês quiserem…

Sexo move o mundo!!! E esse blog é prova disso! Os posts mais queridos, são os mais pervertidos… já saquei t-u-d-o!

É gostoso falar, é gostoso ouvir, é gostoso fazer!!!

Bora?

 

Fernanda-Lima-no-Amorsexo

Escrito por

Oi! Sou Ana Ferrari.  Produtora de eventos, de filha bonita, de situações ridículas e de trapalhadas aleatórias. Especialista em perder coisas, fazer besteira, viver a vida e dar risada de si mesma.  PHD em crises existenciais que chegam antes dos 40 anos. Paulistana convicta com coração carioca. Leonina até dizer chega. Nem de direita, nem de esquerda. Interessada em igreja, centro, templo e terreiro. Experiente no luxo, no lixo e na luxúria, com vivência no erudito e no popular. Praticante de artes marciais, degustações de café, vinho e seriados. Aprendiz de escritora, de viajante e de violonista. E agora, de blogueira. ​ Pode isso, produção???

2 comentários em “Para quem gosta da coisa…

  1. Nada como falar com naturalidade sobre o que é natural, né não? E você é expert nisso! Vá em frente que tô adorando ter sempre um texto novo para ler, relaxar e me divertir!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s